Vereadora Leide (PRB) é escolhida para ser vice de Garotinho Em seu quarto mandato, ela tem vários projetos em defesa da mulher e é militante do Movimento Igualdade Racial
Destaques, Notícias | agosto 7, 2018 em 12:57 PM
A- A+

O nome da vereadora de Duque de Caxias, Leide (PRB), foi oficializado, na última segunda-feira (6), pelo Partido Republicano Progressista (PRP), como candidata a vice-governadora na chapa de Anthony Garotinho ao Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Em seu quarto mandato, Leide tem vários projetos em defesa da mulher, dos idosos e é coordenadora estadual do Movimento Igualdade Racial do PRB: “Estou muito feliz com a proposta, as oportunidades surgem para que possamos mostrar nossa competência e condição de trabalhar. Nós mulheres precisamos estar na base do governo para que possamos realizar aquilo que realmente é necessário em favor delas. Queremos que todas as mulheres se sintam representadas, porque o Garotinho não escolheu a vereadora Leide, mas a mulher que é dona de casa, mãe, empresária e trabalhadora”, disse.

O senador Eduardo Lopes comentou que a decisão pelo nome da vereadora para vice de Garotinho foi importante e coerente: “Ela é uma vereadora de quatro mandatos, experiente, que sempre abraçou as causas populares. É uma guerreira, partidária e temos certeza de que somará ao projeto de retomada do crescimento do estado do Rio de Janeiro”, disse o senador que teve confirmada a candidatura à reeleição ao Senado.

Além das audiências públicas, vereadora Leide participa das comissões da Câmara Municipal de Duque de Caxias, além de ser autora de requerimentos e de projetos de lei, muitos já sancionados, sempre em defesa dos direitos da mulher, da luta pela igualdade racial e dos direitos das pessoas da terceira idade; das políticas públicas, da sustentabilidade e da transparência política. Dentre alguns de seus PLs, destacam-se: Lei nº 2.494/13, que normatiza o atendimento à mulher vítima de violência nas unidades de saúde; Lei 2.669/14, que estabelece a divulgação do nº 180 – Central Nacional de Atendimento à Mulher – em repartições públicas do município caxiense; Lei 2.709/15, que trata da obediência às diretrizes e orientações que viabilizem o parto humanizado nas unidades de saúde; entre outros projetos em tramitação.

Ascom Senador Eduardo Lopes.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.