Tia Ju é vitima de ataque religioso e de gênero no plenário da Alerj

 

A deputada estadual Tia Ju (PRB-RJ) foi vitima de ataques verbais na sessão da tarde de hoje, 09, no Plenário da Alerj. Durante uma fala do deputado Átila Nunes (PMDB), que criticava o que chamou de “censo religioso” da Guarda Municipal, a deputada tentou, sem sucesso, um aparte para expor seus argumentos e foi violentamente agredida com palavras como: “calma é o cacete” e “cale a boca”, ditas pelo deputado Átila Nunes.

Ao subir na tribuna da Alerj, Tia Ju se defendeu e criticou a postura do deputado.

– Acabei de fazer um discurso na tribuna da Alerj, por conta de duas questões fundamentais. Uma, os constantes ataques que recebo no plenário por conta da minha opção religiosa. Sou Evengélica! Sou Universal! E tenho orgulho disso! Mas aqui na Alerj, sou deputada como todos os outros 70 que foram eleitos aqui pelo voto popular. Não admito que ofendam a minha religião.

Sou religiosa, mas respeito todas as opções de fé! E a outra questão, também importante, é como nesta casa temos tido nosso espaço de Mulher desrespeitado! Como Mulher, Negra, ascendi à posição de deputada! Como Mulher, Negra, sou representante do povo do estado do Rio de Janeiro. Como Mulher, Negra, defendo o meu espaço de fala neste parlamento, sem cerceamento! Quando tentam calar uma Mulher no Parlamento, estão calando todas as Mulheres que represento de todo o estado do Rio de Janeiro. E isso, eu também não posso admitir.”

Tia Ju recebeu a solidariedade de diversos deputados que estavam presentes no Plenário e agradeceu a solidariedade.

Por Marcio Ferreira/ Ascom deputada Tia Ju.

Foto: Luis Gustavo

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.