Rio recebe fórum internacional de segurança alimentar e exibe programas de alimentação escolar e restaurantes populares
Destaques, PRB nos Municípios | maio 30, 2019 em 12:08 PM
A- A+

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deu as boas-vindas aos participantes do 1º Fórum Regional das Cidades Latino-Americanas Signatárias do Pacto de Milão sobre Política de Alimentação Urbana na tarde desta quarta-feira (29/05), no Museu de Arte do Rio (MAR), no Centro. O Rio foi escolhido como sede do evento por sua atuação de destaque em políticas públicas no setor, como os programas de alimentação escolar e dos restaurantes populares.

– Temos trabalhado, conforme previsto no Pacto, para oferecer a todas as pessoas sistemas alimentares inclusivos, resilientes, seguros e marcados pela diversidade, que providenciem alimentação economicamente acessível e saudável, numa perspectiva baseada nos direitos humanos, que minimize o desperdício e conserve a biodiversidade, permitindo a adaptação e a mitigação dos impactos das mudanças climáticas – afirmou Marcelo Crivella.

A cerimônia de abertura contou ainda com a participação da vice-prefeita da cidade francesa de Montpellier, Marie-Hélène Santarelli, e de representantes de diversas instituições como Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO-ONU); Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS); Organização Mundial da Saúde (OMS); Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat); Fiocruz; Unirio; Comida do Amanhã e Embrapa.

Durante o encontro, a vice-prefeita de Montpellier, cidade que sediará outro evento do Pacto de Milão, entre 7 e 9 de outubro, agradeceu o convite e reforçou a importância dos debates.

– Essa é a primeira vez que venho à América Latina, e é uma grande honra estar neste evento, que representa um importante passo para o Pacto de Milão – disse Marie Hélène.

Já o representante da ONU- Habitat, Alain Grimard, ressaltou a atualidade do fórum.

– Esse evento está em plena sintonia com o mandato da nossa agência, que apoia o desenvolvimento sustentável das cidades – afirmou.

Durante três dias, mais de 70 especialistas debaterão políticas alimentares seguras, inclusivas e sustentáveis, que envolvem questões como a diversidade, o respeito à natureza e a minimização do desperdício. Palestras, mesas-redondas e workshops discutirão temas como “Alimentação e identidade”, “Território e sustentabilidade” e “Realizações e desafios dos sistemas de alimentação urbana da América Latina”.

Ao final do evento, as autoridades participantes assinarão a Declaração do Rio, documento com compromissos gerais para uma aliança latino-americana das cidades signatárias do Pacto de Milão.

A atuação da Prefeitura do Rio na segurança alimentar

O Rio de Janeiro foi escolhido entre as 187 cidades signatárias do Pacto de Milão para receber o fórum pelo seu protagonismo no setor de segurança alimentar. Um dos destaques é o Programa de Restaurantes Populares que, desde a municipalização na atual gestão, já serviu 2,7 milhões de refeições com cardápio saudável a preços simbólicos nas unidades de Bangu, Campo Grande e Bonsucesso.

Outro exemplo bem-sucedido de política alimentar da Prefeitura do Rio de Janeiro é o Programa de Alimentação Escolar, que oferece diariamente 1,5 milhão de refeições saudáveis em unidades de ensino.

Já o Circuito Carioca de Feiras Orgânicas gera trabalho e renda por meio do consumo de produtos saudáveis e sustentáveis e reúne mais de 200 pontos de venda e de consumo de produtos certificados.

O que é o Pacto de Milão

O Pacto de Milão sobre Política de Alimentação Urbana foi assinado em outubro de 2015 na cidade italiana que dá nome ao documento e representa um dos legados mais importantes da EXPO 2015, evento mundial cujo tema foi “Nutrir o Planeta, Energia para Vida”.

O objetivo da iniciativa é criar uma rede de cidades comprometidas com o desenvolvimento e a implementação de sistemas alimentares sustentáveis. O Pacto estimula a troca de ideias e de sugestões sobre como abordar concretamente problemas comuns sobre temas que envolvam alimentação.

Estão previstas duas outras reuniões este ano. O 3º Fórum Regional das cidades signatárias africanas de língua francesa será realizado em Niamey, Níger, em junho. Em outubro será a vez de Montpellier, França, sediar o 5º Encontro anual das cidades signatárias do Pacto.

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.