Prefeitura do Rio faz avaliação sobre reação de órgãos públicos ao temporal
Destaques, PRB nos Municípios, Senador Marcelo Crivella | fevereiro 19, 2018 em 11:15 AM
A- A+

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, reuniu secretários e assessores neste sábado (17/02), no Centro de Operações Rio (COR), na Cidade Nova, para fazer um balanço da reação dos órgãos municipais ao forte temporal da noite de quarta-feira passada, e madrugada de quinta. A avaliação foi de que o sistema de drenagem da cidade conseguiu suportar o volume enorme de chuva, “sem precedentes nos últimos 100 anos”.

– Nossos reservatórios na Zona Norte não chegaram a transbordar, e foi satisfatório. No dia seguinte de manhã, na Fazenda Botafogo, a drenagem conseguiu que as águas tivessem um nível muito menor. Na Zona Oeste, no Jardim Maravilha, houve um tempo de escoamento maior, devido ao bairro estar bem abaixo da linha do mar, numa chuva que há décadas não caía sobre o Rio – comentou Crivella.

“Espírito público e coragem”

O prefeito destacou “o trabalho heroico dos garis, da Guarda Municipal e dos secretários municipais” na resposta durante a crise e citou ainda os “verdinhos”, como são chamados os agentes de trânsito da CET-Rio, que atuaram no controle do tráfego para evitar acidentes durante a enxurrada. Nas palavras de Crivella, houve “espírito público e coragem” por parte dos servidores, no esforço de fazer o melhor para minimizar os efeitos da maior chuva, que atingiu a cidade de maneira muito concentrada e com fortes rajadas de vento.

– Essa chuva muito forte ocorreu num espaço de tempo muito curto – afirmou o prefeito, referindo-se à precipitação pluviométrica que, segundo dados do Alerta Rio e do COR, bateu recorde de 123,2mm em apenas uma hora na estação de medição Barra/Riocentro, o equivalente a 119% do esperado para fevereiro (em Jacarepaguá, das 17h de quarta às 2h de quinta, choveu quase 150% da média esperada para todo o mês).

Atenção especial

Na reunião com o secretariado, o prefeito lamentou profundamente as mortes ocorridas em consequência do temporal. E ressaltou a determinação que deu a toda sua equipe para que atenda com máximo de prontidão às necessidades da população mais afetada pela chuva.

A Prefeitura iniciou a distribuição de 500 cestas básicas e 600 colchonetes, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, que fez também o encaminhamento de 150 agendamentos para obtenção de documentos, em órgãos como o Detran-RJ, para quem perdeu a documentação durante a chuva. A Comlurb, por sua vez, colocou 2.500 homens em ação para fazer a limpeza da cidade, com 141 veículos e equipamentos, como caminhões compactadores, basculantes, pipas, pás mecânicas e motosserras. As equipes da Seconserma atuaram nos principais pontos ao longo da madrugada e da manhã de quinta-feira, quando o nível de congestionamento da cidade foi normalizado. A CET-Rio atuou com 300 operadores e agentes de trânsito e 35 reboques para restabelecer as condições de tráfego da cidade. Equipes da Guarda Municipal também reforçaram as equipes nestas ações.

Foco nas próximas ações

Além da avaliação do trabalho feito até o momento, o objetivo da reunião com secretários e assessores foi o de discutir e propor sugestões para melhorar ainda mais a resposta às demandas da população em momentos de crise e tragédia. Uma das medidas, já colocada em prática, é o trabalho conjunto da Comlurb com a Light, para agilizar a remoção de árvores caídas e o pronto restabelecimento da energia elétrica nos prédios e casas afetados. A Prefeitura também pretende comprar novas câmeras de monitoramento para serem instaladas, sobretudo, nas Zonas Norte e Oeste. Elas estarão ligadas ao COR.

Participaram do encontro os secretários Paulo Messina, da Casa Civil; Pedro Fernandes, da Assistência Social e Direitos Humanos; Jorge Felippe Neto, de Conservação e Meio Ambiente; e Paulo Amendola, da Ordem Pública. Também estavam presentes o chefe-executivo do COR, Guilherme Sanguineto; o presidente da Comlurb, Sérgio Eduardo Martins; o presidente da Rio-Águas, Cláudio Dutra; e a presidente da CET-Rio, Virgínia Salerno.

– O Rio de Janeiro tem mais de 800 mil árvores. Mais de mil delas caíram, muitas sobre a nossa rede de distribuição (de energia). Já há projetos no Congresso Nacional, e sou autor de um, para que as cidades que tenham demanda acima de 200 mil habitantes enterrem suas redes de distribuição. No Rio, isso consta do nosso Plano Diretor, para que as redes sejam subterrâneas – informou Crivella.

 

Viagem

O prefeito explicou também por que não estava na cidade durante o temporal. Ele deu informações sobre a viagem à Europa, onde conheceu a tecnologia de drones, que poderão ser usados na melhoria da segurança na cidade.

– Fui à Europa, numa viagem cansativa, porque nós precisamos de mais informações. O COR tem câmeras ligadas pela cidade, mas não sabemos, por exemplo, o que acontece nas comunidades carentes. Se a gente colocar câmeras lá, elas serão alvejadas. Fomos a esses países conhecer seus drones, que são equipamentos que podem, de uma altura que não serão derrubados pelo crime organizado, nos dar informação de onde está o crime e como está se desenvolvendo.

 

Intervenção na Segurança Pública

Pela manhã, o prefeito participou de uma reunião no Palácio Guanabara, sede do governo estadual, com o presidente da República, Michel Temer, o governador Luiz Fernando Pezão e o general do Exército Braga Netto, nomeado interventor do governo federal para a segurança pública do estado. Após o encontro,

O prefeito reiterou sua gratidão “por esse grande esforço  das Forças Armadas na segurança da nossa cidade e do nosso estado”.  E se colocou, como já tinha feito em outras ocasiões, à disposição para “dialogar e traçar estratégias para devolver a tranquilidade ao povo do Rio de Janeiro”.

 

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.