Prefeito Marcelo Crivella anuncia criação do Parque Campo Grande com 122 mil metros quadrados

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta terça-feira (10), a criação do Parque Campo Grande, na Zona Oeste da cidade, um projeto inspirado no Parque de Madureira. Serão 122 mil metros quadrados de área verde às margens do rio Campinho, próximo da Avenida Brasil. O anúncio foi feito durante a posse do novo secretário Municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), Jorge Felippe Neto.

– Isso aqui é um sonho da Zona Oeste. É tipo um Parque de Madureira aqui em Campo Grande. Está chegando o verão, e além de preservar a natureza, vamos ter espaço para lazer, espaço para as pessoas tomarem banho, brincarem, fazerem piquenique. Um lugar bem vigiado para fazerem shows. Vai ser uma área de confraternização enorme, mais de 120 mil metros quadrados – adiantou Crivella.

O prefeito contou que os projetos já estão prontos, e que a Seconserma vai começar agora o trabalho de detalhamento e aprovação das licenças. Em seguida, o processo entra em fase de licenciamento, orçamento, licitação e contratação. O parque promete ser um oásis na Zona Oeste, com uma das maiores áreas de lazer da cidade. Haverá anfiteatro, palco para street dance, skate park, ciclovia, quadra para basquete de rua e espaço cultural do grafite, entre outras atrações. Para as crianças, terá ainda uma área de lazer com banho. O projeto prevê também quiosques, uma reserva ambiental com 22 mil metros quadrados e quase 500 vagas de estacionamento.

O novo secretário falou que a construção do Parque Campo Grande será o grande desafio de sua gestão à frente da Seconserma. Jorge Felippe Neto revelou ainda outras prioridades de sua pasta.

– Estou confiante para comandar uma secretaria que lida com o cotidiano da população dessa cidade. O Parque Campo Grande é um desafio enorme, mas teremos outras prioridades, como a atualização do Plano Verão. Queremos minimizar os transtornos causados pelas chuvas naquela época do ano. Ao mesmo tempo, temos que avançar na fiscalização ambiental, o efetivo foi muito reduzido a partir de 2013. Então, a gente precisa colocar uma propulsão nisso.

Jorge Felippe Neto estima que, em três meses, já tenha resolvido todo o processo burocrático para que as obras possam ser iniciadas. A previsão da Seconserma é entregar o primeiro trecho do parque no fim de 2019 ou início de 2020.

Fonte: Prefeitura do Rio

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.