PRB Mulher realiza encontro na Câmara Municipal de Volta Redonda para falar sobre feminicídio
PRB Mulher | | setembro 1, 2017 em 12:07 PM
A- A+

Integrantes e coordenadoras do PRB Mulher do Sul Fluminense se reuniram na tarde desta quinta-feira, dia 31, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Volta Redonda, para abordarem o tema feminicídio. A reunião contou com a participação da secretária municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, Dayse Penna, que falou sobre o tema proposto e ainda apresentou às mulheres presentes o trabalho desenvolvido pela secretaria.

O vereador pastor Washington Uchôa, presidente do PRB em Volta Redonda, abriu o encontro dando boas-vindas às participantes que vieram de Resende, Valença, Barra do Piraí e Barra Mansa, e em seguida precisou se ausentar por outros compromissos. Segundo ele o encontro foi fundamental para estreitar laços e abordar assuntos do interesse das mulheres em geral.

A vice-presidente do PRB de Volta Redonda, Silvia Cury, salientou que a violência contra a mulher aumentou consideravelmente nos últimos anos. “De acordo com uma breve pesquisa que fiz, 500 mulheres foram agredidas a cada hora em 2016. Esses dados são alarmantes, por isso a importância de abordarmos esse assunto”, disse, citando ainda o caso da jovem voltarredondense, Danila, que foi agredida pelo ex-marido e acabou ganhando repercussão nas redes sociais.

– Infelizmente esses casos de violência contra mulheres sempre aconteceram, mas hoje em dia é mais abordado. Antigamente elas sofriam caladas, a violência era sublimada pelo contexto social da época – falou a pastora Edna Rodrigues.

No encontro, Dayse Penna começou dizendo que não é simples o papel da mulher na política, e parabenizou a iniciativa do partido em realizar uma reunião para abordar um tema tão delicado e importante. Ela ainda disse que em Volta Redonda, por exemplo, há apenas uma mulher no Legislativo. “As mulheres não são estimuladas a virem para esse cenário político”.

Dayse apresentou um pouco o trabalho realizado por sua secretaria e afirmou que a troca de informações é muito importante para se chegar a ideias que ajudarão as mulheres a enfrentarem seus problemas.

– Muitas sofrem caladas, e isso tem que mudar. O Brasil fica em quinto lugar no ranking do feminicidio, e isso é muito triste. Procuramos na secretaria municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos realizar um trabalho de acolhimento às mulheres e também aos homens agressores. Precisamos descobrir de onde parte o problema para ajudarmos de fato – falou.

O encontro ainda teve uma apresentação musical da jovem Cintia Marques, de Barra do Piraí.

 

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.