Mario Esteves visita metalúrgica que vai gerar 500 empregos em Barra do Piraí
Destaques, PRB nos Municípios | fevereiro 27, 2020 em 11:32 AM
A- A+

O prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, visitou, no último final de semana, as instalações da Mor, com sede no Rio Grande do Sul. A metalúrgica já está apalavrada, inclusive com isenção de impostos, com o município para se instalar no que é denominado como “Polo Industrial de Vargem Alegre”. A empresa fixará endereço ás margens da BR 393, gerando mais de 500 empregos diretos. A expectativa é que esteja funcionando a partir de junho deste ano.

A Mor está no mercado há 53 anos, se desenvolvendo com uma estrutura total de 152 mil m², distribuídos entre três unidades em Santa Cruz do Sul. No site, a empresa afirma que o “resultado está em diversas exportações para a Argentina, Chile, Uruguai, Panamá, Paraguai, Bolívia, Austrália, Estados Unidos e entre outros países que já conhecem e exigem a qualificação MOR”. Hoje, a empresa possui mais de 1,5 mil itens em linha.

Mario Esteves, que visitou a empresa em companhia do presidente da Câmara, Luiz Roberto Coutinho e do vereador Rafael Couto, comentou que a vinda da Mor para Barra do Piraí se deve a vários fatores, sobretudo a isenção de impostos. Frisou a respeito da tranqüilidade que a população do Sul Fluminense possui com relação aos grandes centros.

“Vivemos numa região de extrema importância para a economia. Apesar da crise que devastou a economia nacional, estamos trabalhando no sentido de gerar emprego e renda para Barra do Piraí. E o Sul Fluminense está de portas abertas à empresas como esta, sobretudo em solo barrense, onde zeramos os tributos, facilitando a vinda da Mor, e, com ela, centenas de empregos diretos, sem contar os prestadores de serviços”, aponta Mario Esteves.

Segundo ele, as contratações começam em maio, mês do trabalhador, e a “porta de entrada será o balcão de empregos do Sine”, que fica ao lado da prefeitura. Além da Mor, o prefeito anunciou que, no Polo Industrial de Vargem Alegre, outras empresas irão se instalar, como a BrasiLata. “Tudo porque nós zeramos os impostos naquela região e estamos incentivando a vinda de empresas, lutando, na contramão da crise”, arremata.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.