Crivella: “A Prefeitura se engrandece ajudando os taxistas”
Destaques, PRB nos Municípios | março 14, 2019 em 12:46 PM
A- A+

O prefeito Marcelo Crivella entregou, nesta quarta-feira (13/03), novas 240 autonomias de táxi. Com o salão do Palácio da Cidade lotado, Crivella entregou o benefício a auxiliares (homens e mulheres). No total, foram 300 autonomias liberadas no decreto desta quarta-feira. As 60 restantes estão divididos entre 30 para pessoas com deficiência e 30 para motoristas com dependentes deficientes. Nesta quinta-feira (14), será publicada resolução para que esses 60 compareçam nas regiões administrativas e recebam suas autonomias.

– Fui taxista quando tinha 18, 19 anos e sei o quanto é importante que nossa categoria seja vista por pessoas que nos defendam. Estamos entregando as autonomias; criamos o TAXI.RIO; nos grandes eventos, colocamos os pontos do TAXI.RIO. Ou seja, podem ter certeza de que estamos fazendo o que podemos em favor do taxista. Hoje, ouvimos histórias comoventes de pessoas com 17, 18 anos, alguns com mais de 20 anos de praça e agora recebendo suas autonomias. A Prefeitura se engrandece, se enobrece e se dignifica ajudando esses trabalhadores.

São 240 histórias diferentes, de luta de quem percorreu muitos quilômetros para conseguir a sua autonomia. É o caso de Mariza de Castro, de 62 anos, 11 deles como taxista. Mariza sempre trabalhou na madrugada, pois durante o dia precisa cuidar do seu marido que sofreu isquemia cerebral e ficou com sequelas. Ao receber sua autonomia, Mariza se emocionou ao lembrar todo seu trajeto até o dia de hoje:

– É um momento muito importante. Pude representar as mulheres. O meu trabalho foi muito árduo, pois faço jornada dupla cuidando do meu marido durante o dia e no táxi à noite. Valeu a pena esperar esse tempo todo e agora ter esse reconhecimento do prefeito. Estamos esperando por essas autonomias há muitos anos. Agora, não vou ter que pagar nada para ninguém. Estou muito feliz mesmo – comemorou.

Para Leandro Nazareth Abrahão, de 42 anos, o dia de hoje significou uma nova etapa na sua vida:

– Quero agradecer ao prefeito e a todos que estão presentes. É uma satisfação e uma gratidão muito grande. Me sinto livre desse monopólio das autonomias de táxi – disse Leandro, que está na praça há 17 anos.

Crivella anunciou também que vai regulamentar o uso do TAXI.RIO corporativo no âmbito da administração pública. Ou seja, a Prefeitura está institucionalizando o táxi para todos os servidores em seus deslocamentos.

No dia 11 de janeiro, a Prefeitura entregou outras 200 autonomias. Em 14 de dezembro de 2018, mais 186 motoristas de táxi, que aguardavam há anos na fila, foram contemplados com o benefício.

Seguindo o estabelecido em decreto, do total de 300 autonomias entregues nesta quarta, 10% são reservadas a motoristas com deficiência, 10% a mulheres e outros 10% a motoristas que tenham, entre seus dependentes econômicos, pessoas com deficiência.

A cidade do Rio de Janeiro conta atualmente com cerca de 32 mil permissionários e 21 mil auxiliares de táxi.

Melhorias significativas para a classe de taxistas

A atual gestão promoveu melhorias significativas para a classe de taxistas. Em junho de 2017, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) autorizou a fixação nos táxis de adesivos com o logotipo das empresas operadoras de cartão de crédito aceitas pelos profissionais em suas corridas. A medida beneficia tanto os taxistas como os usuários, que podem saber, antes de embarcar, quais táxis aceitam o pagamento da corrida por meio de cartão de crédito.

No mês seguinte, a SMTR aumentou a vida útil dos táxis para 8 anos. A decisão foi motivada pela realidade socioeconômica vivida pela população carioca e pelas perdas financeiras da categoria.

Em outubro de 2018, os taxistas passaram a ter a opção de escolher entre o envelopamento e a pintura do veículo. A técnica era uma reivindicação antiga dos taxistas, que tinham prejuízo no momento da revenda do carro, já que os veículos pintados na cor amarela costumam ser desvalorizados. A técnica permite que o adesivo seja removido quando o proprietário desejar revender o carro.

Em novembro, a Prefeitura lançou o Riocard Duo para taxistas, meio eletrônico de pagamento de corridas que permite a inclusão no sistema financeiro dos motoristas de táxi com nome no SPC ou sem conta bancária. Hoje, pelo menos 12 mil taxistas do Rio não podem receber corridas via aplicativos ou com cartões porque não movimentam conta bancária. O RioCard Duo muda essa realidade: o cartão pré-pago funciona como uma conta corrente para a qual os aplicativos e operadoras de cartão podem transferir os valores correspondentes às corridas efetuadas pelo motorista.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.