Carlos Macedo lembra a Pezão que empréstimo de R$ 1 bi ao Rio foi aprovado na Alerj graças à Crivella
Destaques, Parlamentares em Ação | fevereiro 11, 2016 em 10:46 AM
A- A+

DCM defende Crivella.

Durante a sessão extraordinária ocorrida na quinta-feira (4.2), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), foi aprovado em discussão única o projeto de autoria do Executivo que autoriza o Governo a realizar empréstimo de até R$ 1 bilhão para pagar aposentados e pensionistas. Na ocasião, o deputado estadual Carlos Macedo (PRB-RJ) ressaltou que, apesar da crise econômica, a viabilidade de apresentar este Projeto de Lei na Casa só foi possível graças à Resolução n° 2/2015, criada pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ).

O empréstimo pretende compensar parte das perdas de R$ 3,5 bilhões do Estado com royalties do petróleo no ano passado. Além disso, ajudará a cobrir o rombo de R$ 12 bilhões do Rioprevidência este ano.

“Não é de nosso agrado nesta Casa discutirmos questões de um estado falido e quebrado. Quero exaltar que essa mensagem do governador nem poderia entrar nesta Casa, não fosse a resolução criada por um estadista que eu tenho a honra de tê-lo em meu partido, o PRB, o senador Marcelo Crivella, que já previa situações como estas, de um estado mergulhado em problemas financeiros sem precedentes”, declarou o parlamentar.

O Projeto de Lei n° 1.369/16 regulamenta a resolução do Senado Federal, que autoriza estados e municípios, que perderam receitas de royalties e participações especiais, a tomarem empréstimos como forma de compensação. A vantagem da medida é que o dinheiro não entra no cálculo dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Para o deputado Carlos Macedo, a crise financeira em que se encontra o Estado do Rio de Janeiro não é apenas resultado da queda na arrecadação do preço dos barris de petróleo, mas também devido à má gestão pública.

“Eu cito que não é só relativo à questão da diminuição do preço dos barris de petróleo e de arrecadações, mas da incompetência da gestão pública do nosso estado. Acho que nós, parlamentares, deveríamos cumprimentar o senador. O próprio governador Luiz Fernando Pezão, neste momento tão difícil e sem recursos, deve agradecê-lo por esta medida que acabou permitindo ao seu governo recorrer a esta Casa Legislativa para pedir esse empréstimo. Essa é uma causa nobre. Vamos pensar nos nossos pensionistas e aposentados, vamos aprová-la.”, concluiu Macedo.

O projeto havia recebido 26 emendas, o que faria com que saísse de pauta e fosse votado em outra sessão, após a análise das propostas. No entanto, um acordo garantiu a aprovação, com a retirada das emendas, que foram incorporadas ao texto dentro do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

 

Fonte: Ascom Carlos Macedo
Foto: Mariana Ramos

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.