Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa no dia 6 de agosto
Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo começa no dia 6 de agosto
Destaques, PRB nos Municípios, Prefeituras | agosto 7, 2018 em 1:45 PM
A- A+

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, de 6 a 31 de agosto, a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo para crianças de 1 a 4 anos. O objetivo é manter elevada a cobertura vacinal contra as duas doenças. As vacinas estarão disponíveis nas unidades de Atenção Primária durante todo o período e, em 18 de agosto, será realizado o Dia D de mobilização.

A vacinação acontecerá de segunda a sexta-feira, nas mais de 200 unidades de Atenção Primária (Clínicas da Família e Centros Municipais de Saúde), das 8h às 17h. No dia D, as unidades também estarão abertas para vacinação até as 17h e haverá postos extras montados em diversas partes da cidade, como escolas, igrejas, centros comunitários, estações do transporte público, entre outros, para facilitar o acesso da população.

As ações de prevenção e controle, em especial a vacinação, contribuíram para manter o país livre de circulação do Poliovírus selvagem. Desde 1990, não há casos registrados da doença no país, mas a redução das taxas de cobertura vacinal em algumas cidades brasileiras vem causando preocupação às autoridades sanitárias do país.

A vacinação contra sarampo será feita com a utilização de vacina Tríplice Viral, que protege ainda contra caxumba e rubéola. E na imunização contra a poliomielite será usada a Vacina Poliomielite Oral (VOP).

Poderão tomar as doses das duas vacinas – de forma indiscriminada e mesmo que já tenham sido vacinadas – todas as crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias. A meta é imunizar 95% da população alvo, o que representa 285,5 mil crianças.

As contraindicações para as duas vacinas são: hipersensibilidade grave conhecida a algum componente do insumo, imunodeficiência, portadores de HIV e quem tenha história de evento adverso grave em dose anterior da vacina. É Importante levar a Caderneta de Vacinação, para avaliação da situação vacinal.

Em caso de dúvidas, os pais ou responsáveis poderão pedir orientação ao profissional na unidade de saúde.

 

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Portal no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.prb10rj.com.br Copyright © 2016 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela ASCOM - RJ.